Adolfo Mondino

Nome verdadeiro: Mondino, Adolfo Antonio María
Pianista y compositor
(7 dezembro 1896 - 21 dezembro 1963)
Local de nascimento:
Montevideo Uruguay
Por
Orlando del Greco

omo tantos outros músicos populares também ele se iniciou nos cinemas e cafés «amartelando» seus pianos.

Depois fez parte de orquestras com as que amenizou bailes e também teve uma sob seu nome. Radicado por um tempo em Buenos Aires tocou em diversos lugares e com diversos conjuntos; a de Juan Maglio entre elas.

Dirigiu ao denominado Palán Palán, com o qual gravou em discos Nacional Odeon.

Já na adolescência começou a escrever música, mas a primeira obra que registrou foi o maxixe “Carlota”, com letra de Ángel Laborde. Embora publicou em todos os ritmos dançáveis conhecidos e também campeiros, sua especialidade foi o tango; nesse ritmo cidadão nos brindou uma das páginas mais populares: “Maula”, que com letra de Víctor Soliño obteve o concurso nos carnavais de 1927 do Teatro Solís de Montevidéu e que ao ser gravado por Rosita Quiroga o espalhou por todas as latitudes através do disco.

Outro tango que lhe gravou e popularizou Rosita Quiroga foi “Negro”, também escrito com Soliño, que Carlos Gardel levou a Paris, a quem conheceu no grupo montevideano do Café Tupí Nambá, mas não com a confiança de grandes amigos e sim como colegas de atuação na música popular. Ao morrer em Medellín lhe dedicou o tango “Pajarito porteño”.

Também teve popularidade, sendo lembrado ainda hoje, o tango “Patoteros” que gravou Agustín Magaldi, e que também em duo com Pedro Noda lhe gravou o fado “¡Ay!... Corazón”.

Outras de suas composições, gravadas por Alberto Vila, Francisco Canaro, Julio De Caro, etc., foram: “Coperito”, “Lloró el gaucho”, “Milonga”, “En voz baja”, “Boca abierta”, que também gravou Magaldi, tangos; “Vecinita gentil”, valsa; “Son unos ojos negros”, zamba; “Parisina”, foxtrote; “No te achiques”, “En la percha”, outros tangos.

Nos últimos anos da sua vida se dedicou à música culta.

Mondino nasceu em Montevidéu, em 7 de dezembro de 1896 e morreu na mesma cidade, em 21 de dezembro de 1963.