Alfredo Arrocha

Nome verdadeiro: Arrocha, Alfredo E.
Cantor y letrista
(2 setembro 1910 - 5 fevereiro 1965)
Local de nascimento:
San Martín (Buenos Aires) Argentina
Por
Néstor Pinsón

estacou-se como ator e cantor nos radioteatros, tão difundidos por aqueles anos, também no cinema e no teatro. Sempre em papéis de galã e cantor.

Nasceu na cidade de San Martín, limítrofe com a cidade de Buenos Aires pelo noroeste. Desde seus inícios foi cantor solista, algumas vezes foi acompanhado por Héctor Stamponi.

Num programa radial de Rádio Belgrano, Estampas Porteñas, conheceu à atriz Lucha Sosa com quem casou-se, pouco tempo depois. Foi uma das primeiras bodas a ser transmitida ao vivo, com todo um roteiro relatado pela rádio.

No teatro teve bastante participação, ao contrário do cinema tengo participado de uns poucos filmes. Dividiu o palco com colegas como: Chola Luna, Osvaldo Moreno, Herminia Velich e Mercedes Carné, entre outros.

Em 1947 compartilhou o palco do Teatro Apolo com Chola Bosch, junto a Gregorio Ciccarelli, Leonor Rinaldi e Tito Luisardo.

Alguns temas destacados de seu repertório e que tiveram certa popularidade foram: “Seguí mi consejo”, “Huérfano”, “Garufa”, “A media luz”.

Não é muito mais o que podemos informar sobre este correto artista, hoje, esquecido.