Julio Frade

Nome verdadeiro: Frade Pintos, Julio César
Pianista, compositor, arreglador y director
(3 novembro 1943 - )
Local de nascimento:
Montevideo Uruguay
Por
Todotango.com

studou piano desde os 4 anos e meio de idade, com os professores Wilhelm Kollischer, Hugo Balzo e Santiago Baranda Reyes.

Sendo estudante de Direito e Notariado, obteve uma bolsa de estudos da American Field Service que o fez viver e estudar em Nova Iorque, onde se formou de bacharel aos 17 anos. Cursou estudos de música com Jim Odrich e aprofunfou-os na Berklee College de Boston.

De volta em Montevidéu estreou na TV aos 18 anos no programa Telecataplum junto a um conjunto de jazz Chicago Stompers. Fez parte do famoso grupo de humoristas da TV na Argentina, Uruguai e Chile por más de 40 anos, fazendo programas como Telecataplum, Capitán Cañones, Comicolor, La Calle Feliz, Frente a frente, Rapicómicos, Decalegrón e Hiperhumor.

Foi parceiro principal de Héctor Larrea, Juan Verdaguer e Hugo Sofovich em Buenos Aires. Foi diretor musical dos selos RCA, Sondor e Tonodisc na Argentina, assim como dos canais 7 ATC, Canal 9, Canal 11 e Canal 13 de Buenos Aires e os canais 4, 10 e 12 de Montevidéu (Uruguay). Foi também diretor de Canal 5 TV Nacional do Uruguai.

Durante 26 anos representou o Uruguai como diretor musical dos festivais internacionais da OTI. Também se desempenhou como diretor musical e produtor dos festivais da canção Costa a Costa e Parque del Plata (Uruguai).

Apresentador e produtor de seus programas Piano Piano por TVEO; Frade en Carve, durante 12 anos nessa emissora montevideana. Atualmente é gerente geral da Rádio Oriental AM 770 e apresenta seu próprio programa Frade con permiso.

Sua apresentação junto a Astor Piazzolla é muito recordada, Frade o dirigiu num concerto junto a outros setenta músicos: «Isso foi em 1982, no Palácio Peñarol, eu tinha trinta e nove anos, quando se é jovem não se sabe o que se faz…» Nesse grande concerto interpretou-se a Suite de Tango, que Piazzolla compôs para a RAI.

Com o tryo Tango Sur, com Mario Núñez e Daniel Lagarde, marcam un estilo e fazem excelentes versões de tangos clássicos. Outra proposta mais exótica foi TangoCaribe junto com Manolo Sánchez El Cubanísimo, fazendo versões de tangos em ritmo caribenho.

Dividiu palco com grandes artistas de todos os gêneros, como o excelente violonista Luis Salinas, que o acompanhou na comemoração de seus 50 anos de carreira num grande concerto no Teatro Solís de Montevidéu. Também tocou com Mono Villegas, Edison Bordón, Panchito Nolé, Julio Cobelli e acompanhou a vários intérpretes.

Produziu e dirigiu musicalmente, em 2008, a gravação do disco Libre, da cantora Valeria Lima, figura do tango uruguaio.

Seu último disco foi Tango desatado, nele interpreta grandes clássicos com muita improvisação, junto ao virtuoso bandonionista uruguaio Raúl Jaurena e ao excelente contrabaixista argentino Pablo Aslán. «Foi realmente impressionante o que fizemos».

No ando de 2012 foi declarado Cidadão Ilustre da Cidade de Montevidéu.