Alberto Poggi

Nome verdadeiro: Poggi, Alberto Santiago
Compositor
(25 abril 1880 - 1962)
Local de nascimento:
Buenos Aires Argentina
Por
Todotango.com

mbora estava longe de ser um músico popular, não desprezou a composição de tangos durante a primeira década do século XX. Sua especialidade era a música de salão, da qual escreveu grande quantidade de peças algumas das quais —as mais conhecidas— citamos a título ilustrativo.

Também foi editor de música ao continuar com a empresa fundada por seu pai David Poggi em 1860, até a desaparecimento da firma em 1923.

Como curiosidade destacamos que no guia telefônico da Capital, de 1950, aparece seu endereço, Acoyte 76, e seu número de telefone, 60-5416

Da sua obra podemos mencionar: “A la gran flauta”, “El cosquilloso”, “La vista engaña”, “No le hagas caso”, “No me parece”, “¡Qué cosa bárbara!”, “Don Clemente” (tangos); “Je sait tout”, “Sans coeur”, “Son flores”, “Caras y caretas” (valsas); “Yguazú” (xote), “Centenario” (two step); “Rose d'amour” (minuete); “A moi seul” (gavota); “Dichosa” (mazurca); “La poupée” (polca); “En la soledad” (canto escolar); “Gualeguaychú [b]” (marcha militar).