Hermido Braga

Nome verdadeiro: Bragagnolo, Domingo Herminio
Letrista y autor teatral
(11 novembro 1899 - 24 janeiro 1945)
Local de nascimento:
Buenos Aires Argentina
Por
Orlando del Greco

screveu a maior parte da sua produção em parceria com Juan Villalba, tornando popular seu dueto autoral Villalba e Braga com sainetes de ambiente turfístico, muito em voga na década de 20.

Lendo a relação dos seus títulos estreados, encontramos entre os de mais sucesso: Latigazos, Cume la barca de Bachicha, El clásico del amor, El bajo está de fiesta, ¡Me juego la vida!, Yo te protejo, che, Ensalada rusa, Media noche en la ribera, La plata del gringo, Que siga el casamiento, Viejo rincón, Palermo (Competidores y montas), El gringo de los mosaicos, Locoloco y su familia, Matrimonio sin hijos, Locos de la Radio, Redoblonero, La voluntad del finao, escritos com Villalba; Lo que cuenta el arrabal, com Eduardo Trongé.

Das poucas canções que escreveu para suas obras, perdura “Palermo”, tango que fez com Villalba e Enrique Delfino para El bajo está de fiesta e que percorreu o mundo na voz de Carlos Gardel.

Para esse mesmo sainete escreveu junto com Villalba e música de Carlos Vicente Geroni Flores, o tango “La traición”, que Ignacio Corsini gravou tempo depois.

Braga nasceu em Buenos Aires, em 11 de novembro de 1899 e morreu na mesma cidade em 24 de janeiro de 1945.